23º SINAPE - Simpósio Nacional de Probabilidade e Estatística

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

ANALISE DE REGRESSAO WEIBULL - UMA APLICAÇAO EM SISTEMAS REPARAVEIS

Resumo

Existem dois modelos principais para sistemas reparáveis: processo de renovação (PR) e processo de Poisson não homogêneo (PPNH) que utiliza a distribuição Weibull no estudo da distribuição dos tempos de falha. O objetivo do trabalho foi modelar os tempos de falha de peças de colhedoras de cana-de-açúcar (lâmina Chopper) através de um modelo de regressão Weibull para uma melhor previsão da durabilidade desses sistemas. A análise de sistemas reparáveis foi feita através de um caso particular do PPNH, conhecido por lei de potência, utilizando truncamento por tempo (a coleta terminou após o período de uma safra). Dada a quantidade de covariáveis capazes de influenciar o tempo de falha (variável resposta), foi utilizado um modelo de regressão e devido ao comportamento dos dados optou-se pela distribuição Weibull. O evento de interesse foi a quebra da lâmina Chopper e a variável resposta foi o tempo até a falha , contado em dias. As covariáveis são agente causador da falha (desgaste natural ou quebra) e Estado onde a unidade está localizada (São Paulo ou Paraná). Os gráficos de Duane e do tempo total em teste (TTT-plot) mostraram um indicativo de função intensidade de falha não constante. A comparação do modelo de regressão Weibull com o modelo de regressão exponencial, através do teste de razão de verossimilhança, mostrou que o melhor ajuste se deu utilizando o primeiro modelo. A partir desse ajuste foi possível descrever o comportamento do sistema durante a safra, sendo esse uma deterioração ao longo do tempo. Com essa informação, usinas e fabricantes da lâmina Chopper poderão ter uma melhor previsão de durabilidade dos seus produtos.

Palavras-chave

Sistemas reparáveis, processo de Poisson não homogêneo, regressão Weibull

Área

Análise de Sobrevivência

Autores

Bruna Aparecida Wruck Verssani, Sônia Maria De Stefano Piedade