23º SINAPE - Simpósio Nacional de Probabilidade e Estatística

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

ESTATÍSTICA NO COTIDIANO: UM ESTUDO DE CASO ANALISANDO DADOS DE DEFICIÊNCIA E RAÇA BRASILEIRAS POR NÍVEL DE INSTRUÇÃO

Resumo

Resumo: Desde das épocas mais distantes, governos das mais antigas civilizações já utilizavam métodos estatísticos como uma forma de contar a população, formação de tropas para atuarem nas guerras, administrar o país, gerenciando a produção e colheita de diferentes produtos agrícolas, metais preciosos como ouro e prata, e financeiro controlando os produtos que eram utilizados como moeda de troca como ouro e sal. Paralelamente, nesse período, já existiam pessoas com deficiência que recebiam por parte da sociedade os mais diferentes tipos de tratamento que iriam desde da piedade extrema, abandono a morte como norma comum estabelecida pela civilização ou sociedade do local de ocorrência desse nascimento. Paulatinamente, as sociedades foram percebendo que, para além da caridade e da assistência, tais pessoas deveriam ser incluídas em programas e políticas públicas que pudessem valorizar seu potencial produtivo. Na realidade, as próprias pessoas com deficiência foram dando mostras de que podiam e desejavam estudar, trabalhar e serem plenamente incluídas na sociedade. Raça é uma construção social utilizada para destingir pessoas em termos de uma ou mais marcas físicas que são socialmente significativas. Neste trabalho utilizamos os dados do Censo Demográfico do IBGE de 2010 e dados sobre deficiência visual, auditiva, física e múltipla, além da variável sobre classificação de raça, foram feitos cruzamentos, teste de homogeneidade e gráficos de perfil entre cada uma das variáveis sobre deficiência, raça e nível de instrução; implementamos um ranqueamento entre os diferentes níveis de deficiência, número de deficiência e raça; e, por fim; gráfico de perfil ano a ano para avaliar a evolução das deficiência de forma global em função de raça e nível de instrução.

Palavras-chave

Área

Estatística Aplicada em Ciências Sociais Aplicadas e Demografia e Estatísticas Públicas

Autores

Paulo tadeu de Oliveira, Paulo tadeu de Oliveira