23º SINAPE - Simpósio Nacional de Probabilidade e Estatística

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

ASPECTOS PRATICOS SOBRE A VARIABILIDADE ESPACIAL EM ATRIBUTOS DO SOLO

Resumo

O objetivo deste estudo foi analisar o comportamento da distribuição amostral do alcance e do grau
de dependência espacial (DE). Também, teve-se objetivo de avaliar a correlação existente entre estas
medidas e o índice de dependência espacial (IDE). Foi possível identificar que o alcance, de maneira
geral, apresentou comportamento assimétrico positivo. O DE apresentou distribuição assimétrica
negativa e, por consequência, o efeito pepita relativo (EPR) se mostrou com distribuição assimétrica
positiva. O alcance apresenta melhores correlações com o IDE. Ao se compararem as classificações
da dependência espacial, a partir do DE e do IDE, foi possível verificar que esta última é mais
coerente por também considerar a variabilidade espacial devida ao parâmetro alcance, e não apenas
a variabilidade explicada por contribuição e patamar.

Palavras-chave

Geoestatística, Dependência espacial, Variabilidade espacial, Semivariograma

Área

Estatística Aplicada em Agronomia e Biologia

Autores

Eduardo Lucas Ensslin dos Santos, Enio Junior Seidel, Edemar Appel Neto