23º SINAPE - Simpósio Nacional de Probabilidade e Estatística

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

Modelo de excessos com dados faltantes para análise estatística de dados ambientais das Capitais da Região Nordeste

Curso

Mestrado em Estatística Aplicado a Biometria - Universidade Federal de Viçosa - UFV

Semestre/período

1

RESUMO (Abstract)

Este trabalho foi motivado a partir do desenvolvimento da pesquisa intitulada “Utilização do pacote MCMC4Extremes para análise estatística de valores extremos para dados ambientais das capitais da região Nordeste”, feita entre novembro de 2015 e agosto de 2016 no Programa de Iniciação Científica (IC) da Universidade Federal do Piauí, que teve como finalidade o estudo do comportamento de dados extremos através do pacote MCMC4Extremes, desenvolvido pelo orientador do trabalho no programa de IC, Fernando Ferraz do Nascimento. Ao final da pesquisa foi percebido que os dados ambientais não continham todas as informações no decorrer dos anos, impossibilitando a análise e processamento correto. O tratamento adequado dos dados pluviométricos é importante durante a identificação dos fenômenos meteorológicos típicos em uma região, pois torna possível o reconhecimento de padrões que podem auxiliar na sua gestão de recursos hídricos. Neste sentido, esse trabalho tem como objetivo realizar o preenchimento de dados faltantes para a Região Nordeste do Brasil, do período entre 1993 e 2016, nessa região ocorrem poucas chuvas durante o ano, sendo assim, é necessário modelar o comportamento desses dados ambientais. Para isso, a estimação dos dados faltantes foi feita a partir do modelo de mistura de gamas com cauda GPD variando no tempo (MGPDLMk), proposto por Nascimento (2016) e eficaz para esse problema. Por meio dos resultados parciais das imputações de dados sobre a série dos dados foi possível perceber que o modelo é eficaz para pequenos intervalos de dados faltantes.

Área

Inferência Bayesiana

Autores

ZEFERINO GOMES DA SILVA NETO